26 de set de 2013

Resenha: Pinceis Dailus


Oi

Já faz um tempo em que comprei esses pinceis da Dailus e hoje vim fazer uma resenha do que estou achando e das caracteristicas do produto.
Comprei esses pinceis na loja virtual E-Puella, a compra chegou certinha dentro e dentro do prazo.

Esses foram os que eu comprei.


1- Pincel esfumador / 2 - pincel chanfrado para blush / 3- pincel lápis / 4- pincel duo fiber / 5 - pincel kabuk / 6- pincel aplicador de sombra / 7- pincel chanfrado.


Pinceis de rosto:
Kabuk, duo fiber e chamfrando para blush


Pinceis para olhos:

Pincel para esfumar, pincel aplicador de sombra, pincel chanfrado e pincel lápis.



O que eu achei.

O kabuk: achei legal para aplicar pó, e transportar na necessaire, já que seu cabo é pequeno, embora não achei ele tão godinho como na foto.
O duo fiber: Achei ele bem, bem, mas bem macio mesmo, não senti muita firmeza nele, mas espalha super bem o produto, uso muito com base em mouse.
O chanfrado para blush: achei que as cerdas aplicadoras não são tão boas para aplicação do blush sabe... não completa bem a maça do rosto, é muito bom para aplicar bronzer.
O esfumador: macio, esfuma bem.
O aplicador de sombra: achei ele bem fininho, e o aplicador bem pequeno, mas cumpre bem a função de aplicador de sombra.
O chanfrado de olhos: achei ele bem firme e fininho, aplica muito bem as sombras, uso também para as sombrancelhas.
Pincel lápis: além de mácio e firme desenha muito bem a sombra, facilitando o desing final.

Falando no geral, com excessão do kabuk, todos tem o cabo bem longo.... e um tamanho de aplicador legal. Tem um preço acessivel comparando com outras marcas e dá sim para confiar pois as cerdas não pinicam e são bons.

Aprovado, acrdito que vão durar muito.

Já usaram?

Beijos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, obrigada por participar e deixar seu comentario. Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout exclusivo do blog - Com Déby Duar | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©