7 de mai de 2013

Testei - Trio de sombras NATURA Faces

Oi

Sempre que eu via esse trio de sombras no catalogo da NATURA, eu babava, ainda mais nessa cor mesmo, pois acho super delicada e são minhas cores favoritas para make.
Mas eu sempre ficava no compro, não compro, com a grana curta sempre acabava optando por outro produto e enfim, eu não tinha (e ainda não tenho).
A semana passada fui na casa da minha cunhada, vi esse trio junto com a máscara Super Extrend Extreme, esse trio de sombras me conquistou no toque e eu trouxe para casa para testar..

Bora ver.

O que a marca diz: 

Natura faces: um mundo de possibilidades. O natura faces sombra em pó trio mosaico traz cores com ótima cobertura e duração, além de cintilância incrível. As cores do trio podem ser usadas misturadas ou não. É superfácil de aplicar e combinar. É um trio prático e versátil, que pode criar looks para o dia ou para a noite.

O produto


Teste nos dedos


Swatch no antebraço cores sem potencializador de sombras


                                     Swatch no antebraço cores com potencializador de sombras


Resultado com potencializador de sombras


Resultado sem potencializador de sombras


Minha opinião:

Foi necessário aplicar bastante produto para chegar no resultado de ver a cor do make, porque achei fraco a pigmentação das cores em minha pálpebra, então eu aplicava, aplicava e aplicava e ainda achei fraquinha, recomendo para fazer makes para a escola, faculdade e trabalho, afinal tem uma cor linda e fraca o que não fica pesado para o dia-a-dia.
A duração com potencializador foi muito boa, mais de 12 horas.
Já a duração sem potencializador em média 6 horas, boa também.

Alguém mais tem esse trio? Conte sua experiência com ele!

Em breve tutorial dos makes.

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, obrigada por participar e deixar seu comentario. Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout exclusivo do blog - Com Déby Duar | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©